Make your own free website on Tripod.com
   

Tu que és…

 

Flor dos meus sonhos

Razão do meu viver

Rosa do meu jardim

Sereia do meu aquário

Luz brilhante

Sol incandescente

Responde-me?

Porque não dás uma chance para a gente

Porque me fazes tu, sofrer?

Porque tenho de esperar

Ate um novo dia amanhecer

Tu …

De ti que eu amo…

A ti eu quero…

Esquece tudo volta para mim

Dá-me um beijo

Não digas que não

Não destroces meu coração

Porque …

Te amo…

Te quero …

Te desejo…

Tu és…Tu…

Carla Menezes  

 

 

Hoje…

 

Hoje …

Sinto, permito sentir dor

Dor que vem do medo

Medo de amar

Hoje…Vou sonhar

Vou entrar nos meus medos

Hoje…

Vou olhar para dentro de mim

Vou descobrir os meus sentimentos

Hoje permito-me amar, com medo, com dor…

Com a ansiedade de não te ter

Com o medo de te perder

Com vontade de te tocar

Ter de me contrariar

Hoje eu amo-te com tudo aquilo que possa trazer

Amo-te com medo

Amo-te com desejo de te ter

Amo-te

  Carla Menezes
   

Amor

 

Amor - perdido

Perdendo-se na imaginação

Amor sem tréguas sem limitação

E sonho com um…

Amor perdido

Amor proibido

Amor sentido

Sentindo loucura

Loucura desesperada

Desespero de amor de por ti ser amada

Nesse amor perdido

Nesse amor vadio

Um amor sem tréguas

Sem limitação

Amor que sufoca meu coração

Amor…

Carla Menezes  
   

Sinto…

 

Sinto o que não sei sentir

Desejo o que não quero desejar

Finjo que não quero, o que sei querer

Amo o que não quero amar

E sendo desonesta

Vou-me manipulando

Manipulo os meus pensamentos

Os meus receios

As minhas ilusões

Vou tentar perceber o meu caminho

As minhas atitudes e tomar as melhores decisões

  Carla Menezes
   

Vazio…

 

Vazio iminente

Vazio persistente

Vazio constante

Vazio…

Tudo se torna desespero

Desespero …

Desespero pela vida

Desespero da solidão

Desespero do sonho

Desespero doa emoção

Desespero…

Derrota…

Da vida

Do amor da dor

Tudo é confuso

Tudo é confusão

Nada faz sentido

Nada tem razão

É …Por isso.

É por aquilo.

É só vazio dentro de mim

Dentro do meu coração  

Carla Menezes  
   

Felicidade…

 

O que é?

Quem a tem?

Como se consegue?

Não sei…

Felicidade…

Sentimento abstracto

Escondida em qualquer ser

Difícil de conseguir

Difícil de permanecer

Algo que quero conhecer

Teremos então alguns momentos?

Sim …

Momentos de Felicidade…

Quando riu…

Quando sinto…

Quando amo…

Quando gosto de mim…

Isso é Felicidade…

  Carla Menezes
   

Por vezes sou…

 

Por vezes sinto-me…

Uma alma “penada”

Uma alma “destroçada”…

Tudo isto é cansaço

Tudo isto é desabafo

Cansaço de lutar

E nada alcançar

Tudo perder não sentir o dia nascer

Por vezes sou …

Por vezes sinto-me…  

Sinto…

Carla Menezes  
   

Sinto…

 

Sinto

Sentindo aquilo que for

Sinto

Esperança em ter carinho em ter amor

E olho…

Olho em volta em meu redor

Apreciando as belezas da natureza

Que a vida nos trás

E sinto…

Nem tudo na vida é certo

Nem tudo é eficaz

Eficaz “naquele sentido”

Que eu queria que fosse

Eficaz no propósito que aqui me trouxe

E…Continuo-me a questionar

Os “porquês” sem razão

As dúvidas são uma constante

As certezas abafam meu coração

E sinto…

Vontade de me soltar …

Vontade de dizer…

Vontade de me entregar…

Sinto, o que sentido não me faz…

Sinto…

Sentindo…

Esperança, carinho, amor, sinto que a vida um dia será melhor.
 

Carla Menezes

 

 

Lágrimas …

 

Lágrimas…Caídas…

De noites e dias a fio

Coração quente num dia frio

Lágrimas despojadas em meu manto

Gente que quebrou seu encanto

E…Eu…

Vou ficando, desejando

Isso, aquilo, algo mais sem saber a razão

Por o qual desejei

Por o qual sofri

Por o qual lutei

Olhando as lágrimas

Derramadas

Desposadas

Em meu manto

Eu vi que não perdi o …

Encanto

E continuo olhando

Divagando

Vagueando

E vou derramando lágrimas de noites e dias a fio.

Tentando aquecer meu coração num dia frio.

Lágrimas…

Carla Menezes  
   

Noite

 

Que noite?

Não sei explicar

Porque á coisas que não se explicam…

Só sei que não sinto nem bem nem mal estar

Uma noite vazia

Algo sem alegria

Uma noite como tantas outras

Sem nada que fazer

Sem nada para contar

Uma noite…

Que vontade de chorar

E …não quero chorar

Não me vou castigar

Ou martirizar

Pelo passado

Que se torna presente

Eu não quero chorar

Quero sim seguir em frente

Noite …

Não á nada a explicar.
  Carla Menezes